Perda na produção: um problema invisível

Atualizado: 9 de Out de 2019


Diante de um processo produtivo, as possibilidades de perda podem ser assustadoras. Muitas delas são inerentes ao processo, as chamadas perdas normais. Além dessas, existem aquelas que podem ser monitoradas ou evitadas. O que geralmente ocorre é que muitas empresas desconhecem os desperdícios ou não sabem como tratá-los.


Em alguns processos a perda de certa quantidade de material é natural. Seja devido a necessidade de excesso de algum reagente para que uma reação ocorra, ou porque há saída de parte da matéria-prima na lavagem dos recipientes ou mesmo por evaporação. Na indústria têxtil, por exemplo, perde-se uma pequena faixa de tecido entre os cortes. Dependendo dos materiais que serão produzidos, existe a possibilidade de reutilizar este pedaço em outras etapas. Nessas situações, em que a quantidade pode ser estimada, normalmente os custos são incluídos nos custos do produto final.

Entretanto, em certos casos as perdas não são prontamente notáveis e, a partir desse momento, se iniciam os prejuízos financeiros. Vazamentos em torneiras, uso desnecessário de materiais ou matérias-primas, falha no controle da validade desses, desperdício de energia, resíduos que não são aproveitados, equipamentos que não são bem utilizados e geram gastos desnecessários com manutenção ou ainda máquinas que quebram facilmente por não passarem por revisão periódica (uma falsa economia), são alguns dos exemplos que configuram as perdas desnecessárias e evitáveis. Aqui podem ser citados os estabelecimentos alimentícios, uma vez que a disposição dos equipamentos e a qualidade dos mesmos pode aumentar o consumo de energia, como quando máquinas de refrigeração são instaladas próximas a aparelhos de aquecimento, causando desgaste e exigindo revisões mais frequentes.

Em geral, essas perdas desnecessárias podem estar classificadas em sete tipos: perdas por superprodução, por espera, por movimentação, por estoque excessivo, no transporte, no processamento, pela fabricação de produtos defeituosos. Sendo necessário analisar cada uma destas circunstâncias a fim de encontrar maneiras de reduzir os desperdícios.

Com os locais de perda identificados, é possível tomar medidas que controlem ou anulem tais pontos. Quando isso ocorre, custos são reduzidos, gerando maior produtividade e um aumento no lucro, cujo valor varia de acordo com o processo em questão e com as medidas implementadas.

#perdas #desperdício #produção #problema

234 visualizações

ENTRE EM Contato CONOSCO!

TELEFONE: (71) 8154-0227

E-MAIL:  consultoria@prismaengenharia.org

Ou fale diretamente com um de nossos consultores clicando no ícone

  • whatsapp-logo (1)

Localização

Endereço: R. Prof. Aristídes Novis, Nº 2, Escola Politécnica da UFBA - Federação, Salvador - BA, 40210-630

  • LinkedIn - Círculo Branco
  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

© 2020 Prisma - Empresa Júnior de Engenharia Química da UFBA