3 Passos Para você Contribuir Com o Meio Ambiente e ainda ficar em Dia com a Vigilância Sanitária!

Você possui um estabelecimento como clínica médica, drogaria, farmácia, consultório odontológico e veterinário, funerária, necrotério ou estúdios de tatuagem? Saiba como manusear e descartar os Resíduos de Serviços de Saúde gerados.

Autor: Ana Beatriz Lopes


Se você possui um estabelecimento da área de saúde ou que gera os chamados Resíduos de Serviços de Saúde (RSS), precisa se atentar a alguns pontos para ficar em dia com a vigilância sanitária e contribuir com o bem estar do seu estabelecimento e do meio ambiente. Isso se dá pois, apesar de não representarem uma grande quantidade do total de resíduos sólidos urbanos descartados, os RSS são muito relevantes pelo potencial de risco que representam à saúde e ao meio ambiente. Dessa forma, fique atento à esses pontos:


1. Regulamente seu estabelecimento


Os resíduos de serviços de saúde são divididos em 5 grupos e são todos aqueles gerados a partir de atividades exercidas nos serviços relacionados com o atendimento à saúde humana ou animal. Logo, como oferecem risco à saúde ambiental e humana, necessitam de um manuseio e descarte adequado e, por isso, são regulamentados pela RDC 222/18, que trata sobre o gerenciamento de tais resíduos. Essa Resolução da ANVISA fala, principalmente, sobre a obrigatoriedade da adoção do PGRSS nos estabelecimentos citados acima e que você precisa adotar para não correr riscos com a vigilância sanitária. Isso leva para o próximo ponto:


2. Adote o PGRSS


O Plano de Gerenciamento de Resíduos de Serviços de Saúde (PGRSS) é um documento técnico referente ao gerenciamento de resíduos de saúde. É de responsabilidade dos estabelecimentos da área da saúde elaborar esse plano.


Ao adotar o PGRSS no seu estabelecimento, alguns passos serão realizados:


  • Diagnóstico do empreendimento e mapeamento do processo produtivo e administrativo, bem como resíduos gerados pelo estabelecimento.

  • Compilação e estudo dos dados, planejamento de alternativas e soluções para a gestão de resíduos, diminuição do consumo e aumento do rendimento.

  • Elaboração do Plano de Gerenciamento e entrega de resultados para a implementação das melhorias.

Assim, ao adotar o PGRSS, você, além de proporcionar ao estabelecimento uma regulamentação com a Anvisa, também irá garantir uma maior organização e segurança aos envolvidos com os RSS. Ademais, irá garantir para diminuir o volume dos resíduos infectantes, pois quando são misturados aos resíduos comuns, estes passam também a ser considerados, também, infectantes. Dessa forma, os resíduos são descartados corretamente, contribuindo com o meio ambiente. Saiba mais sobre o PGRSS aqui.


3. Contrate um serviço especializado para realizar o PGRSS no seu estabelecimento


Por fim, é notório que o gerenciamento de um estabelecimento requer muito esforço e demanda muito tempo. Além disso, a elaboração de um PGRSS requer certa especialização para que esteja de acordo com as normas da ANVISA e seja efetivo para o seu negócio. Dessa forma, não deixe de contratar um serviço especializado para realizar o PGRSS no seu estabelecimento.


Evite preocupações e não permita que seu estabelecimento sofra penalidades por parte da Anvisa . Entre em contato e conheça o nosso serviço de PGRSS.

5 visualizações

ENTRE EM Contato CONOSCO!

TELEFONE: (71) 8154-0227

E-MAIL:  consultoria@prismaengenharia.org

Ou fale diretamente com um de nossos consultores clicando no ícone

  • whatsapp-logo (1)

Localização

Endereço: R. Prof. Aristídes Novis, Nº 2, Escola Politécnica da UFBA - Federação, Salvador - BA, 40210-630

  • LinkedIn - Círculo Branco
  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

© 2020 Prisma - Empresa Júnior de Engenharia Química da UFBA