Como abrir um novo negócio?

Atualizado: há 2 dias

Aqueles que decidem empreender o fazem com as mais diversas motivações: desejo de maior flexibilidade e independência, ambição financeira, vontade de viabilizar uma ideia ou um sonho. Dessa forma, a iniciativa de criar o seu próprio empreendimento é característica daqueles que buscam crescimento, e vencem a etapa inicial de estabelecimento do negócio.

Entretanto, passada a fase de início, o empreendedor pode se deparar com variáveis com as quais não contava. Manter o negócio ativo e estável, enfrentar o período inicial até que o investimento se pague, são desafios que constantemente interrompem a trajetória do novo negócio.

A experiência de empreender portanto, deve vir a partir de um plano bem estruturado, que engloba desde o momento de idealização do produto ou serviço ao seu planejamento financeiro e estudo de sua viabilidade. Dessa forma, saber "como" abrir o seu negócio da forma correta garantirá maiores chances de sucesso. Se quiser saber como seguir pelo caminho correto, separamos algumas dicas que te ajudarão nessa trajetória.


Autora: Beatrice Mascarenhas


1. Desenvolva a ideia inicial

Antes de tudo, é necessário que a ideia central do seu produto ou serviço esteja bem desenvolvida. É o momento de estruturar a ideia tornando-a aplicável e viável, afinal, o seu produto deve ser criado com o intuito de sanar alguma dor do consumidor, seja ela evidente ou não.


2. Construa um plano de negócio

Para garantir segurança, é fundamental que você construa um plano de negócio, que englobe pontos como capital de abertura, objetivos, publico alvo, área de atuação. Ao conhecer bem o seu plano e seus objetivos, há maior possibilidade de garantir o sucesso do produto e o retorno financeiro com base no investimento estipulado.


3. Estude a viabilidade

Conhecendo o plano de negócio, o produto inicial deve ser analisado de acordo com a sua viabilidade. Para isso, são feitas duas análises principais: o estudo de viabilidade técnica e de viabilidade econômica. Ambos são fundamentais para verificar a viabilidade em termos de logística de produção, pesquisa de mercado e avaliação financeira do empreendimento.


4. Coloque em prática!

Com a ideia estruturada, o plano de negócio formado e a viabilidade do produto analisada, o próximo ponto é seguir as estratégias traçadas nos tópicos anteriores e manter a observação constante de como o mercado e os seus consumidores respondem aos seus produtos e serviços.


Sabemos que o caminho para abrir um novo negócio implica em desafios e riscos financeiros que podem tornar a sua execução inviável. No entanto, a presença de uma empresa de consultoria especializada como a Prisma contribui de forma expressiva para reduzir os riscos e facilitar o caminho.

Portanto, se você possui ideias e não sabem como e qual a melhor forma de colocá-las em prática, o Desenvolvimento de Produtos permite que você, junto com a nossa equipe, estude as melhores alternativas para dar o primeiro passo em direção à criação do seu próprio negócio.

Se, por sua vez, você já possui uma ideia bem estabelecida e uma ideia geral dos objetivos do seu futuro negócio, o Estudo de Viabilidade Técnica e Econômica (EVTE) permite que o seu investimento seja realizado com maior embasamento e segurança. Caso tenha interesse em saber mais sobre como o EVTE funciona e quais as implicações de sua realização, recomendamos que acesse aqui a matéria sobre "Qual a importância do EVTE para um novo negócio".

Aproveite as oportunidades do mercado e saiba como abrir um empreendimento de sucesso solicitando um diagnóstico gratuito com a equipe aqui.

20 visualizações