Como desenvolver um produto sem gastar muito

Atualizado: Set 20

Autora: Virginia Cruz


A Netflix, maior empresa de streaming do mundo, nada mais é do que um case de sucesso no desenvolvimento de produtos. Inicialmente criada em 1997 para ser uma empresa de compra e aluguel de DVDs pelos correios, no ano de 2007, contou com o desenvolvimento de um produto que revolucionou a empresa, um streaming de vídeo, que permitia os membros assistirem, instantaneamente, aos programas de televisão e aos filmes em seus computadores pessoais.


Devido a esse Desenvolvimento de Produto, a Netflix, hoje, conta com 130 milhões de assinantes, um valor de mercado acima dos 100 bilhões de dólares e, definitivamente, com um lugar garantido na história da inovação. Assim, fica claro que desenvolver um produto é de extrema importância para ficar em conformidade com as inovações do mundo tecnológico. Além de que um novo produto gera curiosidade e atrai a atenção de um público e pode alavancar o seu negócio.


Mas como fazer isso sem um grande capital disponível? Existem alguns passos que podem ser seguidos e assim você terá a garantia de que está desenvolvendo um produto viável e de provável sucesso, tudo isso sem investimentos milionários.



1. Pensar em algo que ainda não é comercializado

Para isso existem várias técnicas que você pode aplicar com a sua equipe para que todos pensem em conjunto. Dentre elas está o brainstorming: consiste em um grupo de pessoas reunidas para utilizarem seus pensamentos e ideias para que possam chegar a um denominador comum, a fim de gerar ideias inovadoras que levem um determinado projeto adiante.