Siga Esses 4 Passos Para Fidelizar os seus Clientes

Você se esforçou e conseguiu satisfazer alguns clientes com o seu produto, mas é importante ter consciência de que o seu concorrente pode fazer uma oferta que os atraia e afaste-os do seu negócio: portanto, lembre-se sempre que os seus clientes são a sua maior riqueza, e a ideia de clientes fidelizados que compram regularmente e indicam o seu produto é muito atrativa para qualquer empreendedor!

Autora: Marina Borges


Em uma empresa de sucesso, clientes fiéis correspondem a até 65% da receita e, de acordo com o consultor de marketing Philip Kotler, fidelizar um cliente é de 5 a 7 vezes mais barato do que conseguir novos, pois não é necessário que se repita o investimento da prospecção. Desse modo, percebeu-se que a fidelização pode aumentar a sua renda em 355%, e, para isso, daremos algumas dicas para te ajudar nessa jornada:


1- Conheça e prospecte o cliente adequado


Infelizmente, não há serviço ou produto que agrade a todos, e dividir a atenção por muitos nichos leva ao não aperfeiçoamento da venda e entrega. Isso porque o foco em um perfil de cliente inadequado para a sua empresa gera perda de tempo, além de que é possível que esse cliente se torne um detrator: não só não indique o seu serviço ou produto, como desencoraje outras pessoas a adquiri-lo. Assim, é necessário focar suas energias no público alvo.

É imprescindível que você conheça os seus clientes, descobrindo quem são (gênero, profissão, idade, etc.), seus hábitos de compra, suas necessidades e expectativas ao procurar o que você tem a oferecer. Desse modo, conseguirá traçar estratégias para desenvolver de forma mais assertiva o seu produto de modo a sanar as dores do seu cliente, o que irá agregar valor ao seu produto por meio do link criado entre benefícios gerados pelo serviço e problemas do cliente que serão resolvidos pelo serviço.

2- Garanta uma experiência apropriada


O atendimento ao cliente é um momento crucial para torná-lo fiel, pois é nele que se tem a maior interação com a empresa e as maiores chances de atração pela mesma. Em muitas empresas, essa experiência é padronizada para todos os clientes, o que faz com que alguns recebam menos atenção e suporte necessários, e outros que recebam mais que o desejado. Em vista dessa desigualdade, a experiência não precisa ser muito próxima ou muito distante, ou até muito técnica, mas precisa ser apropriada.

O empreendedor deve ter um atendimento sensível. Solicitude ao cliente, empatia e atendimento personalizado são formas de fazer com que o cliente se sinta mais em uma conversa do que num script engessado. Assim, o cliente perceberá que sua empresa é mais humana e ficará mais confortável com o suporte.

3- Incentive e recompense a fidelidade


Existem clientes que são um pouco mais difíceis de fidelizar e precisam de mais motivos para voltar a comprar com a mesma empresa. Pensando nisso, surgiram os programas de fidelidade onde os clientes cadastrados passam a obter benefícios, através de cartões marcados a cada reincidência, ou pontos que vão se acumulando a cada compra realizada, e até realização de missões propostas pela empresa.

De acordo com estudo realizado pela Invesp, empresas que aplicaram um programa de fidelização e conseguiram crescer a retenção de clientes em apenas 5%, obtiveram um aumento do lucro em até 95%. Portanto, é perceptível que esse é um programa com mão dupla de benefícios diretos, onde ambas as partes têm lucro, além de desenvolver o relacionamento e estreitar os laços cliente-vendedor.

4- Não abandone o cliente após a venda


Pós-venda é o conjunto de atividades de marketing realizadas após a venda do produto ou a prestação do serviço, que abrangem pesquisas de satisfação, serviços de manutenção, promoções especiais e outras formas de atendimento, tendo como objetivo a fidelização do cliente. Ou seja, são todas as ações voltadas para manter um relacionamento duradouro com o cliente.

Demonstrar a disponibilidade e interesse da empresa com cliente, mesmo após a venda do serviço, aumenta as chances de não cair no esquecimento e repetir a venda. Além disso, no pós-venda podemos identificar possíveis falhas dos nossos serviços, levantando indicadores para uma melhoria constante.

A partir da implementação dessas práticas, a fidelização de clientes pode alavancar as vendas de um negócio e solidificar a base dos ganhos da empresa. Gostou desse artigo? Compartilhe com seus conhecidos para que eles possam usar as técnicas de fidelização em suas empresas!

Nos siga nas redes sociais!

© 2020 Prisma - Empresa Júnior de Engenharia Química da UFBA

  • LinkedIn - Círculo Branco
  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

Entre em contato conosco:

(71) 99338-4832

Fale com um dos nossos consultores!

  • whatsapp-logo (1)